Caronas que Inspiram – Karina Miotto

Karina Miotto é jornalista ambiental, reikiana, leitora de aura e morou 5 anos na Amazônia. Engajada com sustentabilidade, escreve para o site O Eco e a partir do mês que vem, passará a escrever textos para a revista Vida Simples.

Conte um pouco sobre sua história, vida pessoal e seus projetos.
Sou do time que segue a intuição para dar cada passo na vida. Por ouvi-la, me tornei jornalista ambiental e mudei para a Amazônia, onde trabalhei por 5 anos. Lá, fiz o TEDxVer-o-Peso, evento de palestras licenciado pelo TED. Foi uma experiência e tanto! Em 2012, mudei para o Rio de Janeiro, onde fiz o curso Educação Gaia, conheci grandes amigos e ampliei quanticamente minha visão sobre o que de fato é sustentabilidade. Atualmente, trabalho como comunicadora, repórter, terapeuta reikiana, leitora de aura e educadora para facilitar a reconexão das pessoas com a natureza.

Exercito estes meus talentos em três lugares: Casa Sou.l (leia mais!) um lugar que amo muito, nasceu para inspirar as pessoas a seguirem os seus sonhos; site o Eco, que cobre o que acontece no meio ambiente no Brasil e no mundo e revista Vida Simples para onde, a partir do mês que vem, passarei a escrever textos focados em experiências pessoais. Uma das minhas principais descobertas nesta jornada toda é que trabalhar deve ser uma das minhas maiores diversões.

Como equilibra seu tempo entre trabalhar e apreciar a vida?
Não desvinculo trabalho de vida muito bem apreciada. Para mim, só funciona quando as duas coisas andam juntas. Afinal, passamos tanto tempo trabalhando…mas, quando não estou trabalhando, o que mais gosto de fazer é estar com amigos, com a família e viajar. Parece que já nasci com a mala pronta. Qualquer viagem faz meus olhos brilharem. Sobre dinheiro? Olha, quando nosso foco é no todo, o todo vem.

Karina_miotto_4

De que forma acredita que seu trabalho contribui para a vida das pessoas?
Como jornalista, coloco minha arte, que é a escrita, a serviço do informar e do sensibilizar. Já não acredito mais na informação pela informação. A gente só muda de verdade quando o coração é tocado. Tanta gente ouve falar em mudanças climáticas, na destruição da Amazônia e o que muda, de fato, na vida delas e em suas posturas e sentimentos em relação

ao planeta e à floresta? Por outro lado, se se sentem tocadas profundamente por meio de um texto que também sensibiliza, que as faz rir ou chorar, de uma imagem forte, a chance de terem mais empatia e conexão com a natureza é muito maior. E assim funciona pra todo tipo de texto que tenha como meta provocar mudanças positivas neste mundo.

Como educadora, estou dando meus primeiros passos, mas muito feliz em poder ser instrumento, ponte, para que, por meio da natureza, as pessoas conheçam mais a si mesmas e se conectem de verdade com a Mãe Terra que nos acolhe. Como lembra Leonardo Boff, ela é nossa única casa. Generosa que só ela!

E, por fim, como terapeuta, espero poder cuidar e ensinar reiki para cada vez mais pessoas, para que elas despertem para seu próprio poder de cura. Como leitora de aura, estou a serviço. Esta é uma ferramenta maravilhosa que nasceu para trazer clareza, discernimento e paz, especialmente nestes tempos de tantas transformações que estamos vivendo.

 

De todas as escolhas que você fez, alguma delas mudou o rumo da sua vida? Conte como foi.
Todas as escolhas mudam o rumo da nossa vida. Quando olho para trás, vejo muitas delas e agradeço profundamente. Quando abri meu coração, senti o chamado da Amazônia e me mudei pra lá. Minha sintonia com a floresta aumentou e minha carreira como jornalista ambiental decolou. O mesmo aconteceu quando vim para o Rio. Novos caminhos se abriram e me sinto mais plena e realizada. Quando decidi morar dois meses na Bahia, em uma ecovila chamada Piracanga, aprendi tanta coisa que caberia em um livro. Quando resolvi fazer eventos TEDx, entrei de cabeça ao ponto de ser convidada para um encontro global de organizadores destes eventos que aconteceu no Qatar, em 2012. Conheci tanta gente incrível!

Todo este movimento veio primeiro de uma certa insatisfação. Enxerguei ela, abri o coração e a intuição. E eles me apontaram o caminho. Pra viver isso, tive que largar tudo inúmeras vezes. Mudar de casa, me despedir de amigos, ficar longe da família, recomeçar do zero – do zero mesmo. Chorei, senti solidão, medo, angústias, mas valeu a pena. Quanto mais sigo meu coração e dou os saltos de coragem que ele me aponta, por mais que haja riscos, eu salto. E vejo que, meu Deus, nunca fico desamparada!

Quem me guia? Meu coração, minha intuição, Deus. Peço para ser instrumento, para sair desta vida melhor do que entrei. E, surpresa…! A vida retribui minha confiança. Quanto mais confio nela, mais linda ela se torna. Vida é movimento. Quando estamos atentos a isso, sentimos quando chega a hora de mudar. E, se largamos as pedras, voamos rumo ao infinito. É simples assim.

Karina_miotto_3

Se você tivesse 5 minutos de atenção do mundo todo para um recado que acha fundamental para a humanidade, qual seria?
O mesmo de minha linda amiga Carol, que vocês também entrevistaram. Segue minha frase favorita: “Seja a mudança que você quer ver no mundo” – Gandhi.

O que gostaria que estivesse escrito em sua lápide, quando você encerrar a sua vida neste plano que vivemos? 
Ela voou tão alto quanto pôde!

Compartilhe algo que inspire sua vida, artigo, texto, música, vídeo ou qualquer expressão que possa inspirar outras pessoas.
Palavras de Claudio Pereiro, de Piracanga, em um curso que deu na Casa Sou.l (me tocaram profundamente):

“Que você tenha coragem dentro de si para viver os seus sonhos e não os sonhos dos outros. Não deixe que sua vida passe e que você perceba que não fez o que queria”

Assista aqui o TEDx Ribeirão Preto da Karina Miotto!

Pegue outras Caronas que Inspiram AQUI! 

 

 

 

Author Rodrigo Borges

Ócio Criador do Folga na Direção. Criativo por natureza, músico por vocação, ator por educação e empreendedor por diversas razões. Formado em Marketing e Agronegócio.

More posts by Rodrigo Borges

Gostou? Então deixe aqui seu comentário!