Caronas que Inspiram – Nícolas Iensen

Nícolas Iensen é um dos fundadores da Engage e hoje está no time do Meu Rio, uma organização que aproxima o cidadão das decisões políticas que transformam a cidade do Rio de Janeiro. 

Conte um pouco sobre sua vida: trajetória, formação, trabalho.
Sou filho de pais empreendedores, minha mãe nunca abriu mão de investir na minha educação e o meu pai sempre me deu muita liberdade para correr atrás dos meus sonhos. Até os 19 anos eu queria ser jogador de futebol, mas foi no ano de 2008 aos 22, quando abri a minha primeira empresa, que descobri algo que eu gostava de fazer e que fazia muito bem. Na época eu ainda não havia terminado a graduação em Ciência da Computação, e por isso tive que conciliar uma rotina suada de estudar para a faculdade e ter o próprio negócio. Durante esse período acabei conhecendo as melhores pessoas com quem já trabalhei, essas pessoas que se juntariam posteriormente para formar a Engage. A Engage surgiu de um grupo bastante unido que via na Internet uma oportunidade para facilitar a colaboração entre muitas pessoas em prol de causas que valessem a pena. Foi através da Engage que passei a trabalhar no Meu Rio, uma organização carioca que aproxima o cidadão das decisões políticas que transformam a cidade do Rio de Janeiro. Hoje eu integro o time da rede Minhas Cidades, uma organização com o propósito de expandir o modelo do Meu Rio para outras cidades do Brasil, e quem sabe até do mundo.

De que forma acredita que o projeto Meu Rio contribui para a vida das pessoas.
Projetos como o Meu Rio e a Minha Sampa surgem para preencher uma lacuna que existe entre os governos e os cidadãos, uma vez que o governo desista de fazer política para benefício próprio, e integre o cidadão nas decisões que impactam a sua vida, talvez nós não precisaremos mais existir. Mas até que isso não aconteça, onde houver falta de diálogo entre as pessoas e o governo, lá estará o Meu Rio, a Minha Sampa e outros muitos “meus” e “minhas” que estão por vir. N'ícolas Iensen

Como equilibra o trabalho e vida pessoal?
A minha vida profissional se mistura muito com a minha vida pessoal, e eu não vejo problema nisso. Me acostumei com essa realidade quando abri o meu primeiro negócio, e hoje continuo respondendo emails às 10 horas da noite, realizado por estar fazendo o que eu gosto.

Você já fez alguma escolha que acredita ter mudado completamente o rumo da sua vida?
Várias. Mas a mais importante delas, com certeza, foi ter decidido empreender.

Nícolas Iensen 1

Se você tivesse 5 minutos de atenção do mundo todo para um recado que acha fundamental para a humanidade, qual seria?
Tenham uma opinião própria, sejam críticos com o que vocês consomem, leiam os ingredientes do que vocês compram, não peçam dinheiro para o banco, pratiquem algum esporte, assistam menos televisão, utilizem a bicicleta como meio de transporte, não comprem um carro, questionem porque as coisas são como são, trabalhem com algo que lhes completa, cobre muito caro caso contrário, e acima de tudo enjoy the ride!

O que gostaria que estivesse escrito em sua lápide, quando você encerrar a sua vida neste plano que vivemos? Moral da sua história.
Mazá galo velho!

Compartilhe conosco um filme, livro ou artigo que inspire sua vida.
O livro que eu mais comento na minha vida é o The Future of Management de Gary Hamel, leitura obrigatória para qualquer pessoa que trabalha em equipe. Filme? The Big Lebowsky, não me inspira mas curto muito!

Leia outras Caronas que Inspiram: Felipe Cabral, Karina Miotto ou Guilherme Lito

Author Rodrigo Borges

Ócio Criador do Folga na Direção. Criativo por natureza, músico por vocação, ator por educação e empreendedor por diversas razões. Formado em Marketing e Agronegócio.

More posts by Rodrigo Borges

Gostou? Então deixe aqui seu comentário!