Caronas que Inspiram – Fred e Michele – Dueto Fotografia

POST Fred e Michele

Conte um pouco sobre a Dueto, como surgiu, trajetória, quantas pessoas fazem parte.
Nosso Dueto começou quando resolvemos morar juntos, pois numa dessas coincidências da vida, mudamos para o mesmo prédio da Sociedade Petropolitana de Fotografia, sem saber. Ali fizemos o nosso primeiro curso juntos e começamos a colecionar momentos e imagens.

Começamos por diversão, por hobby. O problema é que fotografia vicia. Mas que problema gostoso de viver.

Nosso Dueto nasce realmente para os casamentos no momento em que a Michele, trabalhando ainda numa empresa de tecnologia, não consegue mais parar de ver fotografias de casamento o dia todo, estudar fotografia e sonhar. Mudamos para o Rio, começamos a fotografar com outras pessoas, para entender a dinâmica desse mundo casamentício. Pouco tempo depois, já tínhamos o primeiro contrato assinado. Nossa, como comemoramos!

O Dueto sempre foi e sempre será nós dois, Michele e Fred. Essa é nossa proposta: um casal com um olhar apaixonado um pelo outro, pela vida, pelas pessoas…compartilhando isso com outros casais na forma de imagens. Mais recentemente, para a parte “burocrática”, a Lucymeri, mãe da Michele, começou a trabalhar com a gente. Ela é nosso “anjo da guarda”, puxa nossas orelhas e dá muito incentivo para todas as loucuras que pensamos.

dueto-fotografia-0006

Quais são os conceitos chave da empresa?
Olhando para trás, entendemos que nossa essência sempre foi a diversão. Não vamos trabalhar, vamos nos divertir. Buscar imagens que no futuro nos transportem de volta para aquele momento com uma energia tão boa. Nosso conceito de Amor mais Humor está sempre presente. Desde o primeiro casamento. Buscamos na empatia a ferramenta para captar o que é mais incrível da experiência desse dia tão especial que é o casório. Queremos conexão, envolvimento para contarmos a história de vários casais bacanas de uma maneira leve, com responsabilidade, mas sem afetações.

Nosso jeito mais descontraído de pensar trouxe para nossa fotografia uma certa liberdade. Uma liberdade que torna a fotografia mais natural para nós. Buscamos a emoção, o amor, não as regras e protocolos. Fazemos tudo que precisa ser feito, mas sem chatice ou cara emburrada. Buscamos sorrisos dos outros, mas também encontramos os nossos sorrisos atrás das câmeras. Para isso fotografamos. Sorrirmos juntos.

Vocês tem planos para futuro que queiram compartilhar aqui?
Esse ano fizemos algumas mudanças para nos comunicarmos melhor com a nossa galera. Tanto noivos quanto outros fotógrafos. Abrimos o ano estreando nosso Workshop Fotografando e Vivendo com amor mais humor. A experiência foi incrível. Sentimos muita gratidão pela troca com a turma, todo mundo muito especial. Tivemos a certeza de que se transmitimos coisas boas com nosso trabalho e nossa vida, atraímos pessoas legais e que compartilham de nossas idéias. Queremos isso, expandir o compartilhamento de coisas boas, espalhar amor por aí!!

Hoje vocês se dedicam somente para a Dueto ou possuem trabalhos paralelos?
A Dueto toma a maior parte de nosso tempo. Mas temos outros projetos em paralelo, pessoais, onde extravasamos outras visões e observações sobre o mundo. Além disso, o Fred é do mundo tecnológico, se formou em computação, depois em artes visuais, e ainda realiza trabalhos na área de programação e design.

Divulgamos muitos dos projetos pelos nossos instagrams: @mioliveira e @fredericomotta

dueto-fotografia-0014

Como acreditam que a Dueto acrescenta na vida dos casais fotografados?
Participamos dos momentos mais especiais na vida das pessoas. Devolvemos isso na forma de imagens altamente inspiradas por essa troca de energia positiva. Queremos participar e nos envolver. Não somos somente contratados, somos convidados também. Acho que acrescentamos quando conseguimos transportar as pessoas novamente, e novamente, para aqueles momentos tão felizes e cheios de amor. Isso é incrível, nos sentimos muito felizes e gratos.

dueto-fotografia-0009

Se você tivesse 5 minutos de atenção do mundo todo para um recado que acha fundamental para a humanidade, qual seria?
Seja autêntico. Encontre aquilo que é essencial pra você. Compartilhe isso com o mundo. Seja generoso e o universo retribuirá.

Se a Dueto fosse uma pessoa, o que gostaria que estivesse escrito em sua lápide no final da sua vida? (moral da sua história)

Fez história contando histórias.

Compartilhe algo que inspire a vida de vocês (artigo, texto, música, vídeo ou qualquer expressão que possa inspirar outras pessoas)

  • Dave Brubeck Quartet (time out)
  • Documentários: Eu Maior e Tarja Branca
  • “Seja a mudança que deseja ver no mundo”  -Gandhi
  • “A imaginação é mais importante que o conhecimento” -Einstein

Leia outras histórias inspiradoras como essa AQUI!

Author Da Cabine

Rodrigo Borges é ócio Criador do Folga na Direção, criativo por natureza, músico por vocação, ator por educação e empreendedor por diversas razões. Formado em Marketing e Agronegócio. Roberta é empreendedora, publicitária, filha de artista, reikiana, aquariana, yoguini, viciada em viagens, ama meditação e espiritualidade. Carioca de coração, e totalmente apaixonada pela dupla sol e mar! Da cabine comandam o Folga na Direção!

More posts by Da Cabine

Join the discussion One Comment

Gostou? Então deixe aqui seu comentário!