Caronas que Inspiram – Daniel Dalarossa

Daniel Dalarossa, junto com seu sócio John Lima, fundaram a primeira empresa brasileira de tecnologia com grande sucesso no Vale do Silicio.  Após a venda da empresa em 2006, dedica-se a projetos ligados ao empreendedorismo social, educação de empreendedores e líderes e música instrumental brasileira. Nós tivemos a honra de fazer uma imersão de uma semana em um de seus cursos e parte do Folga na Direção foi desenhado durante o processo. Gratidão!

Conte um pouco sobre sua trajetória, vida pessoal e seus projetos.
Nasci e cresci em São Paulo, capital, vindo de uma família de classe média, estudei computação na USP, trabalhei como projetista de software por sete anos e depois resolvi empreender. Conheci meu sócio João Lima na mesma empresa que trabalhávamos (Digirede Informática), e juntos abrimos a Cyclades em 1989. A empresa experimentou um bom crescimento no Brasil nos dois primeiros anos, e por inspiração de um colega chinês da Califórnia, mudamos para o Vale do Silício em 1991. Após anos de dedicação e esforço tivemos a expansão de linha de produtos e abertura de filiais pelo mundo, acabamos nos tornando os primeiros brasileiros a terem sucesso internacional com empresa de tecnologia no Silicon Valley. A Cyclades chegou a ter 350 funcionários em 15 filiais pelo mundo. 85% das empresas Fortune 100 eram clientes da Cyclades. Após a venda da Cyclades em 2006, passei a me dedicar a projetos ligados ao empreendedorismo social, educação de empreendedores e líderes, música instrumental brasileira(especialmente o choro) e construção de casas.

“Acabamos nos tornando os primeiros brasileiros a terem sucesso internacional com empresa de tecnologia no Silicon Valley”

Daniel Dalarossa

Como equilibra o trabalho e vida pessoal?
Uma das perguntas mais complicadas de responder pela minha natureza de me apaixonar por tudo que faço. Esse equilíbrio, se é que existiu em algum momento posterior, foi muito difícil de ser alcançado no início da Cyclades. Só comecei a dar prioridade à minha família ou a mim mesmo, e não mais somente à empresa, quando descobri a natação em 1997 e tive novo renascimento espiritual em 1999.

De que forma acredita que seu trabalho ou seus projetos contribuem para a vida das pessoas?
Na época da Cyclades tivemos a felicidade de ver a transformação que esse projeto trouxe a vida de tantas pessoas, incluindo é claro, a vida dos fundadores. Trouxemos mais de 40 engenheiros(e suas famílias) de várias partes do mundo(a maioria do Brasil) para trabalhar aqui no Vale do Silício, isso porque nossas 15 filiais pelo mundo nos permitiam desenvolver talentos e os melhores eram selecionados. Atualmente três projetos me dão grande satisfação pelo impacto que causam na vida das pessoas: Cuore Foundation (Instituto Cuore no Brasil), em que trabalhamos a auto-estima e motivação de 60 crianças em vulnerabilidade social, a Zymi Group que objetiva passar um pouco da nossa experiência a jovens empreendedores do Brasil, e a Choro Music, que permite músicos e estudantes descobrir o Choro brasileiro através de songbooks playalong.

De todas as escolhas que você fez, qual delas mudou completamente o rumo da sua vida? Conte como foi.
Sem dúvida foi a decisão de ingressar na Universidade de São Paulo. Inicialmente desacreditado pela minha própria professora de química do ensino médio, que me falou que “eu era garoto de periferia, e garoto de periferia não podia entrar na USP …”. Foi lá que conheci minha esposa, e juntos tivemos cinco filhos maravilhosos (este ano completamos 30 anos de casamento). Foi a partir do curso de computação da USP que fui ao mercado de trabalho com uma profissão e trabalhando na área conheci meu sócio João Lima. Com ele fundamos a Cyclades e tivemos a chance de transformar um pouco a realidade do mundo em 18 anos de empresa.

TMA01

Se você tivesse 5 minutos de atenção do mundo todo para um recado que acha fundamental para a humanidade, qual seria?
Esforce-se até o final dos seus dias para descobrir a natureza crística e divina que habita em você, e você vai experimentar mudanças fantásticas na sua vida e na vida de todos que tiver contato.

O que gostaria que estivesse escrito em sua lápide, quando você encerrar a sua vida neste plano que vivemos? (moral da sua história)
Aqui jaz uma pessoa que viveu intensamente todos seus sonhos e realizações e que teve o incrível privilégio de descobrir o Senhor Jesus, adotando-o como seu mestre.

Compartilhe algo que inspire sua vida (artigo, texto, música, vídeo ou qualquer expressão que possa inspirar outras pessoas)
A letra e a música desta canção é muito especial para mim, particularmente quando se entende a circunstância em que foi escrita:

Leia outras Caronas que Inspiram aqui!

Author Rodrigo Borges

Ócio Criador do Folga na Direção. Criativo por natureza, músico por vocação, ator por educação e empreendedor por diversas razões. Formado em Marketing e Agronegócio.

More posts by Rodrigo Borges

Gostou? Então deixe aqui seu comentário!