Culpa não, responsabilidade sim!

By 15 de abril de 2014 Combustível No Comments

– Por Wilson GonzaGa –

Vamos falar hoje sobre um sentimento avassalador que todos nós conhecemos bem. Aquele que está na raiz das depressões, do mal estar humano. Um sentimento que machuca nosso corpo, machuca nossa mente, machuca nossa alma. É a CULPA. Eita sentimento desnecessário! Se fosse uma coisa boa a primeira silaba já não seria **…entendeu, né? rsrsrs.

Nós, que fazemos parte da civilização judaico cristã, sentimos uma culpa constante, o que é lastimável. É importante que se diga que existem dois tipos de culpa, como verão:

Culpa regeneradora: essa sim é útil, eu nem a chamaria propriamante de culpa. Chamaria de conscientização.

Culpa avassaladora: é aquela pesada, a do chicotinho. É a que nos faz pensar que precisamos sofrer para nos “limpar”, tirar o carma, espiar a culpa.

Acontece que o sofrimento não resolve nada! A dor é inevitável, já o sofrimento é evitável. O sofrimento é uma produção psíquica em cima da dor! Se fizermos algo e percebermos que erramos, sentimos a culpa! E qual a razão desse sentimento existir? Nenhuma.

Temos que nos voltar para regeneração, temos que aprender com os erros, assumir o compromisso de não repeti-lo e pronto. Sigamos em frente pois esse é o único sentido da vida, nunca para trás! Não tem sentido algum em ficar remoendo coisas que aconteceram sem haver regeneração e responsabilidade.

A culpa avassaladora não faz nada e ninguém crescer, muito menos o culpado. Você já reparou tem pessoas que adoram sentir culpa? Já não chega carregar sua própria cruz ainda fica perguntando: escuta, alguém tem alguma cruzinha aí sobrando para eu carregar? Essas pessoas assumem culpas que não são suas e as levam pelo resto da vida.

A primeira coisa para parar com essa coisa de ficar sofrendo com culpa é parar de reclamar. Olha bem essa palavra: re-clamar, ou seja, clamar de novo uma coisa que já aconteceu, trazendo para sua mente e corpo todas as sensações novamente (veja mais nesse post), pois o cérebro funciona com imagens. Saia dessa!

Reconheça seu erro, comprometa-se a não repeti-lo e despeça a culpa. Despeça o chicotinho pois ninguém precisa disso para viver. Pelo contrário, todos na Terra merecemos todas as benecies sob o sol, merecemos toda felicidade da abundancia da natureza.

Pare com essa história de culpa e substitua por responsabilidade. Essa é a palavra, RESPONSABILIDADE= responder com habilidade.  Fora culpa! Vem responsabilidade!

O planeta precisa de seres responsáveis e felizes, não culpados e sofredores!

Você também vai gostar de: Ions PositivosTeoria da Crise, Pilote seu pensamento!

Author Wilson GonzaGa

Médico-Psiquiatra e Psicoterapeuta é diretor do Instituto Hermes de transformação humana, profundo conhecedor da alma, tem a capacidade de entender a realidade e as necessidades dos indivíduos e unificar a linguagem psicológica à empresarial. Dono de uma risada inconfundível é entusiasta do desenvolvimento do ser humano e da celebração a vida.

More posts by Wilson GonzaGa

Gostou? Então deixe aqui seu comentário!