Ions negativos – o que isso tem a ver com seu humor?

By 20 de fevereiro de 2014 Combustível One Comment

Quero compartilhar com vocês uma importante descoberta que fiz recentemente e que explicou muitas questões recorrentes na minha mente. Talvez você já saiba e pode até colaborar com mais informações, mas para mim foi revelador saber mais sobre eles: Ions positivos e negativos.

A inlfuência desse elemento sobre nós é inacreditável. Os ions negativos são muito positivos para os seres humanos, já os positivos, o oposto. Lembra aquela moleza que sente em dias nublados, sem sol? Pois é, culpa dos ions positivos. Senti isso na pele e vou contar aqui!

Mudei aos 18 anos para o Rio de Janeiro. Lá eu RE-conheci o mar. Me apaixonei loucamente pela grandeza daquele azul, pelo infinito movimento das ondas, pela visão de horizonte, pelo brilho do sol refletido e pela possibilidade de me conectar com outro continente através daquelas águas. Esse re-contato foi algo visceral e irreversível. Desde então a praia se tornou um grande templo, um lugar sagrado onde me sinto perto de algo maior e verdadeiro, a legítima expressão de Deus, Krishna, Gaya, Cosmos ou como seja melhor definer.

Essa fase de praia durou 9 anos e durante todo esse tempo estive diariamente perto do mar, seja meditando, caminhando, admirando ou dando uma passadinha pra ver o pôr-do-sol depois do trabalho. No final de semana, ia lá eu de novo. Nunca me cansei disso, pelo contrário, era indispensável para minha saúde física e mental. Tanto é verdade que não me lembro de ter ficado doente uma só vez durante esse período.

Ions_mulher

 

Bom, mas como todo ser humano cheio de desejos intermináveis, eu quis mudar! Fui atrás de novas histórias, desafios e me mudei para SP a trabalho. Foi tudo bem, fora todos os contrastes que eu senti dentro e fora de mim (conto mais nesse post) como humores, hábitos e valores. O negocio é que os meses foram passando e eu comecei a sentir falta do mar. A falta foi crescendo e tomando conta dos meus sentimentos e eu não entendia o porquê, nem mesmo conseguia explicar para as pessoas. Aos poucos, fui perdendo o gosto pelas coisas, me tornando uma pessoa reclamona, estressada, dispersa, cheia de dores na cabeça e no corpo…chata!

Foi aí que resolvi pesquisar o que estava ocorrendo comigo. Eu não acreditava que tudo isso estava acontecendo porque eu simplesmente não conseguia morar em uma cidade sem praia…eu não seria mimada a esse ponto! E então, depois de 3 anos sofrendo as consequências da falta de “sol e sal”, eu li um artigo que explicou tudo cientificamente: grande parte da culpa era dos ions!

Os ions são pequenas partículas que existem na natureza, estão por toda parte. Os íons negativos são a razão pela qual nos sentimos extremamente bem em contato com a natureza. Eles se formam, por exemplo, próximo a cachoeiras, na beira do mar, nas florestas, campo e são comprovadamente muito benéficos para a saúde humana. Eles facilitam a absorção de oxigênio nas células, fortificam nosso sistema imunológico, aumentam a atividade mental, geram bem estar e consequentemente melhoram nosso humor!

Já os ions positivos são muito presentes em cidades grandes, água poluida, ambiente com ar condicionado e com muitos equipamentos eletrônicos e também em dias nublados. Eles atrapalham o raciocínio, afetam o sistema imunológico, aumentam o estresse, o mal humor, geram ansiedade, dor de cabeça e contribuem para depressão.

Olha que interessante a comparação abaixo sobre a quantidade média de íons negativos em ambientes naturais e artificiais por centímetro cubico:

– Cachoeira – 25.000
– Beira mar – 5.000
– Campo – 1.200
– Cidade grande – 100
– Apartamento, escritório – 20
– No carro – 15
– Ambiente ar condicionado – 0

a-cachoeira-ions

Ou seja, a maioria das pessoas absorvem doses muito menores de ions negativos do que deveriam! Bom, para mim ficou claro que essa realidade estava me afetando muito. Hoje, que vivo à beira mar novamente, posso notar a diferença gritante na minha saúde, energia, disposiçao, alegria.

A boa noticia é que, para aqueles que trabalham full time em abientes fechados ou moram em grandes cidades, existem empresas se especializando em colchões, roupas, aparelhos e lâmpadas de sal do Himalaya (saiba mais) que produzem ions negativos purificando o ambiente, acho uma ótima saída! Outra solução é, sempre que possível, dar uma escapada para um sítio, uma cachoeira ou uma praia e respirar profundamente, se entregar para a natreza, deixar que o ar limpe seus pulmões, seu corpo, seus pensamentos e emoções. Beneficie-se desse ar puro, ele pode fazer milagres, acredite!

Vou ficando por aqui, espero ter contribuído um pouco para a busca do auto desenvolvimento de cada um!

Beijos e até a próxima!

 

 

 

Author Roberta Martiniano

Empreendedora, Designer em Sustentabilidade pelo Gaia Education, gerente de projetos, publicitária, filha de artista, reikiana, aquariana, yoguini, viciada em viagens e música, ama meditação e espiritualidade. Carioca de coração, e totalmente apaixonada pela dupla sol e mar!

More posts by Roberta Martiniano

Join the discussion One Comment

  • Roberto Carlos Cotrim dos Santos disse:

    Parabéns adorei saber dessa sua componia, tão agradável mar e sol extremamente saudável e benéfico, auto astral desde quê as pessoas saibam aproveitar, curtir, amar e isso você fez muito bem e faz muito bem eu também amo de paixão a natureza de um modo geral. E falando dos IONs tem tudo a ver com a minha pessoa temos invenção de vários produtos com ION logo passarei os site para conhecer assa maravilha de outra forma. Para saudê e bem estar. Um grande abraço.

Gostou? Então deixe aqui seu comentário!