Na vida você está jogando mais tênis ou frescobol?

Na vida você está jogando mais tênis ou frescobol?

Hoje quero falar sobre um assunto que vai estar presente nas suas férias.

Frescobol, isso mesmo, aquele jogo de raquetes, praticado na areia da praia, com aqueles marmanjões sarados batendo aquela bolinha. Eu tinha um preconceito danado daquilo, começando pelo nome que não é muito firme – frescobol, ninguém ganha, ninguém perde, fica aquele tec tec tec… até que Rubem Alves, um escritor muito interessante que ainda quero conhecer pessoalmente, me fez refletir e entender que aquele é como o jogo da vida, o jogo das boas relações.
Neste jogo quando alguém joga uma bolinha “quadrada” você devolve redonda e o objetivo é a bolinha não cair e todo mundo ganha, diferente do tênis que você procura o ponto fraco do adversário e joga com toda força, ai você ganha, festeja, aplausos pra você e o outro perde.
O jogo da vida é como o frescobol, se jogarmos com união, respeito e coletividade todo mundo sai ganhando, se a bola vem quadrada… pimba, devolve redonda, a bola vem difícil … se esforça, corre e devolve fácil na mão do outro, porque o grande barato é o coletivo ganhar.

“A bola: são as nossas fantasias, irrealidades, sonhos sob a forma de palavras. Conversar é ficar batendo sonho pra lá, sonho pra cá…”
Rubem Alves

A minha pergunta é: na vida você está jogando mais tênis ou frescobol?
Se está mais para tênis reconsidere depois de ter lido isso e vamos jogar mais frescobol nos nossos dias.
Não confunda as bolas, quem falou que para eu ganhar alguém tem que perder?

Pense nisso meu compadre, pense nisso minha comadre.
Grande abraço e um cafuné na sua alma!
Dr Wilson GonzaGa

Para os que querem encontrar um propósito de vida e repensar a direção, e ainda se juntar com muitas pessoas incríveis, conheça o Foco na Direção, nosso programa de evolução pessoal clicando AQUI!

Author Wilson GonzaGa

Médico-Psiquiatra e Psicoterapeuta é diretor do Instituto Hermes de transformação humana, profundo conhecedor da alma, tem a capacidade de entender a realidade e as necessidades dos indivíduos e unificar a linguagem psicológica à empresarial. Dono de uma risada inconfundível é entusiasta do desenvolvimento do ser humano e da celebração a vida.

More posts by Wilson GonzaGa

Join the discussion One Comment

Gostou? Então deixe aqui seu comentário!