fbpx
Caronas que Inspiram – Roberta Martiniano

Caronas que Inspiram – Roberta Martiniano

Conte um pouco sobre sua trajetória, vida pessoal.
Nasci em Franca, SP, em uma família conhecida, muito abastada financeiramente e musicalmente falando. Minha infância e início de adolescência foram de muito conforto, viagens internacionais, festas, amigos e música. Quando eu tinha aproximadamente 13 anos de idade, com o plano Collor, minha família foi bem prejudicada e perdemos praticamente tudo.

Naquela época, ao invés de ficar me lamentando, fui à luta. Comecei a trabalhar muito nova. Antes de me formar, experimentei de tudo um pouco: vendi prata indiana, trabalhei em estúdio fotográfico como maquiadora, trabalhei em loja de roupa, de brinquedo, de tênis, de carro, fui representante comercial de sapato e bolsa, montei uma fábrica de cintos femininos aos 17 anos… enfim, agarrava todas as oportunidades(risos).

Aos 19 anos, vendi minha fábrica de cintos e me mudei para o Rio de Janeiro para fazer faculdade. Fiz 2 anos de psicologia, que amo de paixão, mas compreendi que trabalhar na área de comunicação me faria mais feliz. Me formei em Comunicação Social e sou super realizada com a minha escolha.

Já na área de comunicação, trabalhei no setor de marketing de algumas empresas e também em agência de publicidade.

Quando fiz 24 anos tive uma filha, a Isabelinha. Foi um dos períodos de maior amor e maior sofrimento da minha vida. Minha filha nasceu com diversos problemas genéticos, passou por algumas cirurgias, ficou 130 dias na UTI neonatal e veio a falecer com apenas 4 meses de idade. Um período de grande superação, onde dor e amor dividiam meu coração, e onde houve uma transmutação imensa do meu ser. Em nenhum momento desabei ou desisti de lutar por ela. Enfrentei tudo com muita alegria, força, dedicação e amor no coração.

DSCN1376

Após o falecimento dela, tudo mudou. Dei minha primeira Folga na Direção e, com muita resiliência, fui morar fora do país por um ano.

Voltei para o Brasil por um desafio profissional: criar uma marca de sapatos femininos com minha mãe (até então uber estilista do ramo). Na volta para o Brasil, conheci o Rodrigo (criador do Folga na Direção e homem da minha vida) e juntos estamos desde então! A marca foi um estrouro de vendas, viajávamos a cada 6 meses para fazer pesquisa de tendência na Europa (umas das melhores partes ;-), mas tivemos infinitos problemas com os fornecedores fabricantes, e consequentemente com os clientes. Após 2 anos e meio, resolvemos descontinuar a empresa por todas essas questões. Logo em seguida, recebi uma proposta para trabalhar em uma agência de comunicação muito bacana em São Paulo, e como mais um grande desafio, aceitei, e lá me fui para cidade grande.

Fiquei na agência por 3 anos, os quais cresci profissionalmente e aprendi como nunca!

No final de 2014, já precisando de novos ares (como uma boa Vata aquariana), resolvi dar minha segunda Folga na Direção e partir pro mundão de novo. Fomos eu e Rodrigo, viajamos por 10 países juntos e foi aí que eu entrei de cabeça nesse projeto lindo que ele já havia criado, o Folga, com uma vontade imensa de trabalhar com propósito mais profundo, de transformar o mundo, de defender uma causa tão nobre que é a Evolução Humana.

E quem está por trás de toda essa história é uma menina sensível, guerreira, aquariana, reikiana, levemente hiperativa, com elemento ar predominante (portanto um tanto avoada), amante de espiritualidade, yoga, meditação, ayurveda. Também amante de dias ensolarados, skate, mar, música e apaixonada por colocar uma mochila nas costas e sair sem rumo por esse planeta. Essa é minha parte mais genuína!

yoga

De todas as escolhas que você fez, alguma delas mudou o rumo da sua vida? Conte como foi.
Como eu disse, muitas escolhas que fiz mudaram totalmente o rumo da minha vida, mas a escolha recente mais marcante que fiz foi deixar meu trabalho como gerente de contas de uma agência de comunicação em São Paulo para viajar o mundo, sem destino certo, sem perspectiva de trabalho futuro e sem saber no que ia dar aquilo tudo.

Deu tudo tão certo que faria outras mil vezes, e ainda estimulo as pessoas a fazerem o mesmo. Quando agimos com o coração e vamos em busca dos nossos sonhos, o mundo se abre em infinitas possibilidades. A equação é simples: você parte para realizar sonhos, muda seu estado de vibração, emite ondas de amor e felicidade para o universo e ele te retorna na mesma frequência e potência. É um ciclo que se retroalimenta.

De que forma acredita que seu trabalho contribui para a vida das pessoas??
Hoje sou bem cuidadosa com meu trabalho. Se não tiver propósito, nada feito. Acredito que meu trabalho ajuda as pessoas a se encontrarem, a saírem da inércia, a melhorar a qualidade de vida, a superarem crenças limitantes, a serem mais positivas, a repensarem seus valores, a serem o que desejam ser, a entender que o mundo responde à altura das nossas demandas, a irem em busca da felicidade… realmente acredito que o Folga é um veículo de evolução Coletiva e que as pessoas saem melhores do que entraram.

IMG_2196

Se você tivesse 5 minutos de atenção do mundo todo para um recado que acha fundamental para a humanidade, qual seria?
O mundo é assim porque VOCÊ é assim. Destino não existe, seu futuro é alterado a cada lapso de pensamento que passa pela sua cabeça. Cuide do que pensa, cuide do que fala, cuide do que vibra. Seja grato a cada respiração, pois gratidão é igualmente proporcional à felicidade! Somos seres potencialmente milagrosos, acredite no milagre que é VOCÊ!

O que gostaria que estivesse escrito em sua lápide, quando você encerrar a sua vida neste plano que vivemos? (moral da sua história)?

Ela espalhou tanta alegria quanto pôde!

 
Compartilhe algo que inspire sua vida (artigo, texto, música, vídeo ou qualquer expressão que possa inspirar outras pessoas)

Gostaria de compartilhar alguns livros que foram essenciais para eu ser quem sou. Como informação nunca é demais, segue uma listinha:

O poder do agora

Escola dos Deuses

Mulheres que correm com os lobos

O poder do mito

Documentário: “Quem somos nós” e “I’am”

Leia outras entrevistas inspiradoras AQUI!

Author Da Cabine

Rodrigo Borges é ócio Criador do Folga na Direção, criativo por natureza, músico por vocação, ator por educação e empreendedor por diversas razões. Formado em Marketing e Agronegócio. Roberta é empreendedora, publicitária, filha de artista, reikiana, aquariana, yoguini, viciada em viagens, ama meditação e espiritualidade. Carioca de coração, e totalmente apaixonada pela dupla sol e mar! Da cabine comandam o Folga na Direção!

More posts by Da Cabine

Join the discussion 2 Comments

Gostou? Então deixe aqui seu comentário!