fbpx
Território do brincar – Um encontro com a criança brasileira

Território do brincar – Um encontro com a criança brasileira

By 3 de agosto de 2015 Combustível No Comments

O Território do Brincar é um projeto incrível, produzido pelo casal de documentaristas Renata Meirelles e David Reeks. Entre abril de 2012 e dezembro de 2013, acompanhados de seus filhos, os dois percorreram o Brasil visitando comunidades de diversas origens e apresentando um olhar para o universo infantil, uma troca cultural entre adultos e crianças, voltada para o aprender e principalmente para o brincar.

territoriodobrincar3Os dois conheceram-se em 2000, quando criaram o projeto Projeto BIRA – Brincadeiras Infantis da Região Amazônica. Em 2001 partiram para a Amazônia, onde percorreram 16 comunidades indígenas e ribeirinhas dos estados da Região Norte como Amapá, Pará, Amazonas, Roraima e Acre.

Daí saíram curta-metragens, projetos e exposições diversas, como o Projeto Mapa do Brincar, o filme vencedor de prêmios do Cinema Infantil Disque Quilombola, a exposição Mais de Mil Brinquedos da Criança Brasileira, dentre outros. E o projeto foi crescendo, se expandindo, firmou parceria com a ONG Instituto Alana, e recentemente produziu seu primeiro longa-metragem, unindo imagens das diversas viagens do projeto.

territoriodobrincar

O longa-metragem “Territórios do Brincar” foi lançado no dia 28 de maio desse ano em cinemas de SP e RJ, e o projeto tem aberto outras sessões em períodos específicos, é só ficar de olho na fan page deles. O site do Território também é incrível, une registros audiovisuais, de texto e fotográficos para o público sobre todos esses anos, com o olhar único desse universo incrível que é o da criança brasileira.

Conheça o primeiro vídeo, dentre os muitos presentes no site do Território:

E o trailer do filme:

Um projeto lindo e cheio de propósito!

Author Albano Moura

Jornalista do mundo e produtor audiovisual em busca de novos lugares, pessoas e ideias. Soteropolitano (logo percussionista), apaixonado pela natureza e pelo conhecimento.

More posts by Albano Moura

Gostou? Então deixe aqui seu comentário!